O Carro de Acrílico, uma inovação surpreendente

Carro de Acrílico

Carro de Acrílico“Um carro com design moderno e riqueza de detalhes. Transparente e resistente, assim como o próprio acrílico.”

A Acrílicos Santa Clara, empresa associada ao Indac, tem no seu DNA o arrojo e criatividade como base sólida de uma história de sucesso no mercado de Acrílico. Seguindo estes preceitos eles projetaram e deram vida ao Carro de Acrílico que foi projetado pelo colaborador Michael Lipinski, e tem como objetivo apresentar às pessoas a o universo de possibilidades que partem de uma simples chapa acrílica.

O Carro de Acrílico é resultado de quase um ano e meio de desenvolvimento. Nele foram utilizadas chapas das mais variadas formas, cores e espessuras (acrílico preto, branco , verde, azul, fume, cristal, vermelho e chapas de 2 a 50mm de espessura) totalizando mais de 700 kilos de material bruto. Trabalhando com detalhes precisos de três milímetros e as nuances vão do branco ao preto, do fumê ao verde translúcido e o cristal, além da combinação com iluminação em LEDs.

O projeto só foi possível de ser realizado, pois a Acrílicos Santa Clara conta hoje com um moderno e completo parque fabril destinado a transformação do acrílico, passando pelos processos de gravação e corte a laser, usinagem 5 eixos para trabalhar as formas arredondadas e em 3 dimensões, moldagem, colagem, lapidação, polimento e dobra. Sendo a colagem o processo que mais apresentou dificuldades em ser concluído.

“A repercussão do projeto tem sido muito positiva como nos conta Reimar Sebold, diretor comercial da Acrílicos Santa Clara: “A repercussão, especialmente na mídia, está bastante acima do esperado. Tivemos uma grande procura por parte dos meios de imprensa com interesse em falar sobre o carro, saber sobre os processos, sobre o acrílico em si, enfim, ótima a repercussão.”. Esta aceitação por parte do público valoriza as empresas e profissionais que investem em criatividade e inovação com base no Acrílico, e é uma das premissas básicas da empresa como completa Reimar Sebold: “Trabalhamos muito em treinamento e desenvolvimento de processos para a transformação do acrílico. Partimos da premissa básica: por que não pode ser feito em acrílico? Assim, com processos avançados e bastante desenvolvimento, conseguimos inovar.”

Inove você também!

Fonte: Indac

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest