Fábrica de cadeiras de acrílico fatura R$ 4 milhões por ano

cadeiras de acrílico

cadeiras de acrílicoEmpresa também produz cadeiras em fibra de vidro e aço cromado. Empresário aliou-se à concorrência e hoje também vende produtos chineses.

Em São Paulo, empresas investem na fabricação de cadeiras de acrílico, um material que está em alta no mercado de decoração. O acrílico é leve, resistente e tem várias opções de cores e formatos. O empresário Thiago Schwarz percebeu o potencial do acrílico há 14 anos. Na época, ele investiu R$ 7 mil em matéria-prima e começou a produzir as cadeiras, em fábricas terceirizadas. Hoje ele é dono de uma fábrica em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, e fatura mais de R$ 4 milhões por ano. O empresário vende para o Brasil inteiro e tem exportado para outros países.
As cadeiras de acrílico representam aproximadamente 80% da produção da empresa, mas a fábrica também faz cadeiras em fibra de vidro, aço cromado e revestidas com tecido. Ao todo, a produção chega a 1.500 peças por mês. Mais da metade das vendas da empresa acontece a partir da participação em feiras de negócios. Com a invasão de importados chineses, o empresário aliou-se ao concorrente e passou a vender cadeiras chinesas, já que o preço é competitivo: a produção custa um quinto do valor da feita no Brasil.
O empresário Armando Chain, dono de uma loja no centro de São Paulo, é cliente da fábrica de cadeiras. Na loja, as peças custam de R$ 700 a R$ 3 mil cada.

Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest