Fone: (19) 3573-4141

Nossa História

A Empresa Cerbisoriani desenvolve produtos para sinalização interna e externa - nossa história

NOSSA HISTÓRIA

O Começo de Tudo 

Em 1989, éramos dois amigos pensando em fazer quadros sinópticos – um esquema, desenhado em uma chapa de acrílico, que mostra como vão trabalhar as máquinas quando acionadas por um painel – para montadoras de painéis elétricos. Como dois sonhadores convictos de que poderíamos obter sucesso com nossas ideias, formamos uma sociedade onde cada um de nós contava com habilidades diferentes: um tinha facilidade para desenhar, o outro, talento em realizar trabalhos manuais; a ideia começava a sair das cabeças e se tornar algo concreto.
Iniciamos os trabalhos cada um em sua casa, nos finais de semana, porém, percebemos que as etiquetas indicadoras da função dos botões desses painéis seria algo mais vantajoso de se produzir do que os quadros. Reavaliamos o foco.

A princípio, sem recursos, desmontávamos bonecas para tentar, com o motorzinho do brinquedo, obter a gravação em baixo relevo; pensamos também em adaptar o sistema num normógrafo (peça usada na época nas pranchetas de desenhistas), e nada de o processo funcionar. Então, com muito sacrifício, conseguimos comprar o primeiro pantógrafo, que era o equipamento correto para fazer as gravações – na época, uma máquina manual e com poucos recursos, de difícil operação.

Com o novo aparelho, demos início à produção: comprávamos as etiquetas de alumínio e fazíamos as gravações. Passamos a usar um pequeno quarto no fundo de um barracão como sede da empresa e contratamos um sobrinho – que um pouco trabalhava e, na maior parte do tempo, ficava brincando na rua com a molecada. A coisa era difícil, mas não desistimos.

O tempo passou, a empresa evoluiu um pouco e foi necessário mudarmos de lugar: o fundo da casa de um dos sócios para aproveitar o telefone (na época era caro demais comprar um) foi o destino escolhido e, daí em diante, a Cerbisoriani começou a ganhar forma. Naquele período, nossas vendas eram realizadas de formas diversas: na hora do almoço, após o horário comercial, aos sábados e, principalmente, quando era feriado local, pois aproveitávamos a folga para visitar clientes em outras cidades porque as negociações eram mais efetivas e rentáveis quando feitas de forma pessoal.

Novos clientes foram conquistados e a Cerbisoriani encorpou. Com isso, foi preciso aumentar o número de funcionários: contratamos um primo, que era portador de nanismo (o qual, por muito tempo, foi nosso administrador, vendedor e organizador dos serviços) e também recrutamos os serviços da irmã de um dos sócios para as gravações que, neste momento, já eram feitas em acrílico adquirido de fornecedores terceirizados. A empresa cresceu mais e desenvolvemos nossa própria serra circular com muitos gabaritos; também compramos um compressor, sempre mantendo o foco na produção de etiquetas de acrílico e de alumínio para painéis elétricos. Contratamos mais pessoas (parentes, para manter a característica de empresa familiar), outros pantógrafos manuais foram adquiridos – estes com mais recursos, que ainda são usados em nossa linha de produção – e nos especializamos ainda mais.
Nesta época, boa parte dos trabalhos era feita na casa de um dos sócios, com a ajuda dos filhos (ganhavam mesada para lixar placas de acrílico) e da esposa, que serrava as etiquetas na serra circular; a furação também era feita por ela com uma máquina manual; assim, os finais de semana eram cheios: serrar, pintar, pensar em formas melhores de trabalho, emitir notas fiscais e duplicatas; e, desse jeito, permanecemos por bons anos.

Graças à dedicação e foco no futuro, a Cerbisoriani progrediu de forma sustentável e correta. Outro pantógrafo manual foi comprado, agora de maior porte, e, mesmo sendo um equipamento de operação muito trabalhosa, ele serviu para nos dar novas opções de produto. Naquela oportunidade, possuíamos cinco funcionários, um telefone e nove metros quadrados de área, mais um pequeno “puxadinho” usado como estúdio de pintura.

E com muito esforço e trabalho, continuamos crescendo. Compramos um terreno e erguemos nossa sede própria; todos os equipamentos foram levados para o novo barracão, mais parentes foram contratados, máquinas modernas chegaram e o sonho de duas famílias em ter o seu próprio negócio acabou ganhando bastante espaço no mercado. Entretanto, mesmo com as novas perspectivas e o reconhecimento de nossos clientes, o passado de lutas e os momentos difíceis jamais serão esquecidos, eles servirão sempre de aprendizado para tudo o que o futuro pode nos reservar, pois representam o início de uma grande família chamada Cerbisoriani, que começou com um pequeno ideal no fundo de um quintal e hoje espalha seus produtos por todos os cantos do Brasil.